comments powered by Disqus

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Nerds pobres e vagabundos, pulem de alegria !!

É rapaziada, segunda-feira, uma preguiça ferrada e nada pra assistir na tv aberta ?? Seus pobremas se acabaram-se ! Para quem não tem tv paga, ou internet banda larga pra ver tudo na contravenção, temos boas pedidas pela manhã e a noite. As duas primeiras são da TV Globinho, então quem costuma acordar meio-dia vai perder:


Duck Tales - Os Caçadores de Aventura
Essa estréia eu já perdi, mas amanhã não vou marcar. Duck Tales de volta a tv brasileira !!! Baseada na obra de Carl Barks, a animação contava a história do pato mais rico de Patópolis, o Tio Patinhas, que na sua gana para aumentar sua fortuna, topava qualquer aventura em busca de tesouros raros e antigos. Galeões espanhois afundados, tesouros maias, alienigenas... A tiracolo tinha que levar seus sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luizinho, pois o atrapalhado Donald resolve servir a marinha, deixando o velho sovina com a 'guarda' temporária dos moleques.

Caras, ao lado de Tico & Teco, essa foi a animação para tv mais fodástica que a Disney produziu nos anos 80/90. Nada mais de epissódios fechados e sem continuidade, era uma série em constante evolução, como uma gama de personagens secundários tão bons quanto os protagonistas. Quem nao se lembra do Capitão Boing ?? E do Professor Pardal ?? E do Patralão, que se transformava em Gizmo Duck, ou melhor, no Robopato ?? E quem viu se lembrará tambem que nossa abertura tinha a voz do Luiz Ricardo, o Bozo. Bons tempos que os desenhos não eram só pra vender brinquedos e tratar as crianças como idiotas.



Star Wars - A Guerra dos Clones
Já era fã de Star Wars a muito tempo, mas fiquei realmente vidrado em 1997 quando relançaram a primeira trilogia em VHS. Então quando anunciaram a nova trilogia contando a história do Darth Vader fiquei estupefato !! Cacete, isso vai ser muito legal !! Mas não foi bem assim...

Na minha opinião, essa nova trilogia teve mais baixos do que altos. O fanatismo de George Lucas pelas novas tecnologias de filmagem (fundos verdes a rodos, cenas refeitas por modelos em 3d), e sua teimosia em dirigir os filmes, tornou esse prequel menos do que se esperava. Muita coisa foi explicada, tivemos ótimas cenas de ação, mas acredito que o excesso de conteudo adicional, e atores MUITO ruins acabaram por melar um pouco o brilho da saga. A animação The Clone Wars é ambientada entre o segundo e terceiro filmes da trilogia durante as Guerras Clônicas, onde o exercito da República Galática (composto de milhares de clones do mercenário Jango Fett e comandado pelos Jedi)e a Confederação de Comercio lutam para mandar no universo.

Nessa animação Lucasfilm Animation se superou, a tempos não via uma animação em 3d para televisão tão boa. O principal atrativo, para mim, é mesmo o traço de Genndy Tartakovsky que tambem criou Samurai Jack e O Laboratório de Dexter) que impriu muita personalidade aos personagens, e limpou a má atuação dos filmes. No mais, considero uma versão extendida da excelente série Star Wars - Clone Wars, veiculada em 2003, essa em animação tradicional, (com episódios de 3 minutos na primeria temporada, e de 12 minutos na segunda). Já saiu por aqui em DVD.



Madan Senki Ryukendo

Todos de nossa geração conheceram os tokusatsu (seriados japoneses com efeitos especiais) no século passado, quando a finada Rede Manchete exibia Jaspion e Changeman. Outros bastardos, indiretamente conheceram esse mundo assistindo ao nefando Power Rangers. Eu assisto seriados do genêro até hoje, e ainda acho que são uma boa pedida para a programação infanto-junvenil brazuca, que precisa de novidades urgente.


Hoje as 19hs, estréia pela Rede TV, o seriado Ryukendo, de 2006, que conta a históra do policial Kenji Narukami escolhido pela espáda mistica GekiRyuuken para enfrentar o imperio demoniaco Jamanga. Com o poder do dragão azul, Kenji se transforma no guerreiro Ryuendo, e aliando-se a organização S.H.O.T. (Shoot Hell Obduracy Troopers) enfrentará as forças do mal durante 52 episódios televisivos + 2 filmes.

Bem, a história é o clichê dos clichês, e se bem aproveitada pode fazer um puta sucesso aqui no Brasil, pois tem uma linha de brinquedos bem extensa, que fará o terror dos bolsos dos pais. Não vou dizer que o roteiro me agradou, mas como fã do genero curti bastante o design das armaduras, e principalmente dos veiculos e vilões da série, como a moto Brave Leon, que vocês podem ver ao lado. Se a estréia não miar (de novo), acompanhem e me digam se gostaram. No próximo feriado eu também vou assistir :)

PS: Alguns nerds pensaram o que fazer durante as tardes. Infelizmente não vi nada para estrear nesse periodo, então façam algo útil como estudar, ler um bom livro, procurar um emprego, namorar, ou desenhar uma história que mudará o mundo... ou não.

Reações: